• Mais

Público-alvo x Persona


Por muito tempo, muitas empresas trataram o público-alvo e a persona como a mesma coisa. Hoje em dia, qualquer um que se aprofunde um pouco mais em marketing, sabe que existe uma grande diferença. Um é a evolução do outro. Para saber a persona, é necessário saber o público-alvo. Pode ser confuso, mas aqui vai uma explicação sobre cada um.

Público-alvo

O público-alvo vem da segmentação que se faz para um negócio. Por exemplo, se uma empresa trabalha com roupas, então o seu segmento é têxtil. A partir disso, começamos a definir o público; este é mais como um processo de afunilamento, até chegar no alvo.

Então, vamos supor que a loja vende roupas sociais femininas, como peças mais sóbrias, camisas e blazers. Aqui já podemos saber que o público são mulheres adultas. Digamos que a loja tenha feito uma pesquisa de mercado e tenha descoberto que grande parte da procura por esse tipo de roupa vem de mulheres que trabalham em escritórios, sejam eles administrativos, advocatícios ou contábeis, por exemplo. Neste caso, ela já sabe que o público-alvo são mulheres adultas, com formação em negócios, direito ou afins.

Para aprofundar mais, é possível fazer questionamentos como: sexo, idade, localização, profissão, educação, classe social e hábitos de consumo.

Distinguir o público-alvo é importante para que a empresa saiba como ela precisa se comunicar e para quem ela vai vender. Ter essa informação clara pode ajudar na tomada de decisão de vários setores como, comunicação, equipe de vendas e precificação.

Persona

Como dissemos anteriormente, a persona é uma evolução do público-alvo. Então seguindo a mesma linha do tópico anterior, vamos pensar que o público são mulheres adultas, administradoras de empresas. Para definir as personas precisamos ir além de questionamentos superficiais e realmente conhecer o cliente.

Aqui, pode-se fazer perguntas como: sonhos e desejos, frustrações, dificuldades, crenças, hobbies, ídolos e mídia que consomem. Para definir uma persona é preciso muita observação e sensibilidade. Pesquisas de mercado são ótimas nesses casos. Quanto mais informações tiver sobre os clientes, melhor a persona será construída.

Conhecer a sua persona pode te fazer sair de uma comunicação geral para uma comunicação individual. Quando você sabe exatamente quem é o seu cliente, é possível conversar diretamente com ele ou ela, pode-se desenvolver campanhas que contemplem as emoções, que façam aquela pessoa sentir que o que você faz é realmente pra ela.

Como isso me ajuda?

Saber o público-alvo e a persona traz diversos benefícios para a empresa. Entre eles, a melhora na comunicação. Aqui falamos não apenas em uma comunicação de propaganda, mas também uma comunicação de venda. Sim, com a persona definida é possível fazer propagandas mais assertivas, pois será mais fácil definir temas, tons de voz e como será a comunicação.

Mas também dá pra melhorar na comunicação do processo de vendas. Se você tem uma loja de roupas íntimas femininas, é muito melhor que as vendas sejam feitas por mulheres. Pensando no bem-estar das compradoras, pode-se até definir um discurso base para as colaboradoras que irão efetuar a venda.

Outro ponto positivo é o aumento de vendas. Se você consegue se comunicar bem com o comprador e consegue fazê-lo sentir que ele realmente precisa do seu produto, isso diminui as dúvidas na hora da compra. Quando o cliente sente a necessidade daquele produto ou serviço, aspectos como preço, por exemplo, deixam de ter tanta importância. Isso porque você conseguiu agregar valor ao produto e não apenas preço.

Então, viu como saber diferenciar o público-alvo da persona pode fazer a diferença?

Quer melhorar a comunicação da sua empresa? Venha bater um papo com a gente.

Siga-nos em nossas mídias sociais:

Facebook: mais.ppg

Instagram: @mais.ppg

Funcionamento
Endereço

Seg - Sex: 8:00 - 18:00

Contato

Tel: (34) 99280 – 0068

mais@mais.ppg.br

© 2019 por Mais Resultados Inteligentes